Notícias
29-06-2017 - Manufatura avançada transforma indústria mundial
A transformação da indústria é uma realidade sem volta...

 A transformação da indústria é uma realidade sem volta que tem acontecido de forma cada vez mais rápida. Para o Brasil não ficar para trás será preciso ampliar os investimentos na agenda de inovação. A presidente do Conselho de Competitividade dos Estados Unidos, Deborah Wince Smith, afirmou que a tendência mundial para o setor industrial vai no caminho da manufatura avançada. Ela citou a empresa Embraer como exemplo de empresa que está no caminho da 4ª revolução industrial.

"A manufatura avançada não vai desaparecer. Ela é segura, é irreversível. A Embraer é um exemplo disso. Mas o Brasil precisa investir mais em pesquisa e desenvolvimento. É necessário ter foco no talento", afirmou Deborah, nesta terça-feira (27), durante painel sobre a situação atual e as perspectivas da inovação no Brasil, no Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria, realizado pela CNI e pelo Sebrae. "Precisamos focar no investimento em pessoas e em como elas lidam com a inovação e com o sistema de inovação", acrescentou Deborah.

O reitor da Escola de Negócios da Universidade de Cornell, Soumitra Dutta, enfatizou que cabe ao setor privado adotar "escolhas certas" para que a inovação desponte no Brasil. Ele mencionou, no entanto, que o poder público também é imprescindível nessa agenda. "Não se pode diminuir o investimento em pesquisa e desenvolvimento. A iniciativa da China é fantástica, por meio de muito investimento em inovação. A participação do governo também é uma necessidade. Todos os países que estão à frente na agenda da inovação contam com uma grande participação do governo", frisou.