Notícias
07-07-2017 - China ainda domina exportações mundiais de calçados
Como consequência da capacidade produtiva e da competitividade internacional...

 Como consequência da capacidade produtiva e da competitividade internacional, a China, em 2015, posiciona-se como o principal exportador mundial, em termos de valor e de pares. Segundo o Relatório Setorial Indústria de Calçados 2017, publicado pela Abicaçados, esse país asiático apresenta 69,2% das exportações mundiais, medidas em pares. Ao se definir as exportações em dólares, a economia chinesa detém 41,2% das exportações mundiais. Com isso, confirma-se a manutenção dos negócios internacionais de calçados das empresas localizadas na China, a partir de um posicionamento competitivo via preços médios e baixos. Contrariamente a esse posicionamento, encontra-se a Itália, com 1,7% da participação de mercado nas

exportações mundiais de calçados, em pares, e 7,7% de market share, quando este indicador de trocas internacionais é medido em valor.

Em relação à dinâmica de crescimento, entre 2014 e 2015, o Vietnã apresentou uma taxa de 8,4%, em pares, e 16,4% em receita, posicionando-se como o segundo maior exportador de calçados em volume e valor. Por outro lado, em 2015, o Brasil posicionava-se como o 12o maior exportador mundial, medido em pares, e, na 17o posição, quando se observa este indicador de comércio exterior em termos de dólares, apresentando uma retração nas suas vendas externas, pelas duas medidas, entre 2014 e 2015.