Notícias
31-10-2017 - FGV: após encolher 8,6%, PIB se recupera mais lentamente do que em outros períodos
...

Após uma longa recessão, a atividade econômica brasileira entrou num período de expansão a partir do primeiro trimestre de 2017, mas a retomada tem sido mais lenta do que nos períodos de crise registrados no passado, segundo avaliação do Comitê de Datação de Ciclos Econômicos da Fundação Getulio Vargas (Codace/FGV).

 

O PIB brasileiro encolheu 8,6% em 11 trimestres de recessão. Em reunião na última sexta-feira, o Codace, órgão independente criado pela FGV para acompanhar os ciclos da economia, identificando períodos de expansão e retração, marcou o quarto trimestre de 2016 como o fim da recessão. Segundo o comitê, o ciclo de retração tinha começado no segundo trimestre de 2014.

"Além de a recessão terminada no quarto trimestre de 2016 ter sido longa e intensa, o comitê avaliou que a recuperação tem se mostrado até aqui lenta em comparação com o padrão observado nas saídas de recessões anteriores", declarou o Codace em comunicado divulgado nesta segunda-feira, 30.

Zero Hora