Notícias
18-01-2018 - Bndes e Sebrae assinam acordo para buscarem fintechs no crédito a MPEs
...

Pra tentar reverter a queda no crédito para micro e pequenas empresas (MPEs) que ocorreu nos últimos anos, o Sebrae e o Bndes assinaram nesta quarta-feira (17) um acordo de cooperação em financiamento, garantias e orientação que pode beneficiar até 280 mil empresas de menor porte. Um dos objetivos é facilitar a concessão de empréstimos com recursos do banco de fomento por meio de parcerias com as chamadas "fintechs de crédito" - empresas de tecnologia que propõem soluções para tornar as finanças um terreno mais amigável.

De acordo com dados do Banco Central, o volume de crédito concedido para micro e pequenas empresas caiu bastante nos últimos quatro anos. Entre 2014 e 2017, os bancos públicos e privados reduziram os empréstimos em 33% para as micro e em 29% para as pequenas firmas. Com o acordo assinado nesta quarta, o Sebrae e o Bndes estimam que os financiamentos para MPEs cheguem a R$ 6 bilhões nos próximos dois anos. A parceria pretende beneficiar até 150 mil microempreendedores individuais (MEIs), 90 mil microempresas e 40 mil empresas de pequeno porte.

Com a entrada em vigor da Taxa de Longo Prazo (TLP) no começo deste ano para remuneração dos empréstimos concedidos pelo Bndes, o banco adotou mudanças operacionais que adequaram a classificação de pequenos negócios à legislação vigente. Ou seja, considerando um faturamento anual de até R$ 81 mil para MEIs, R$ 360 mil para micro empresas e R$ 4,8 milhões para as pequenas.

Jornal do Comércio