Notícias
26-01-2018 - FMI prevê inflação menor no México, destaca retomada mais vigorosa no Brasil
...

O FMI disse nesta quinta-feira que a melhora esperada para economia mexicana em 2018 incluirá uma desaceleração da inflação e ressaltou a saída da recessão no Brasil, mas alertou sobre a incerteza eleitoral e projetou um novo colapso na Venezuela este ano. Foram dados mais detalhes de uma prévia de suas perspectivas atualizadas para América Latina, divulgada nesta semana, na qual elevou suas projeções econômicas para México e Brasil com base na expansão dos Estados Unidos e na alta dos preços das matérias-primas.

Sobre o México, o órgão sediado em Washington disse que "espera-se que a inflação diminua drasticamente em 2018, à medida que se dissipa o efeito do aumento dos preços internos dos combustíveis ocorrido no ano passado." A inflação no México acelerou para o maior ritmo em mais de 16 anos e meio, colocando as autoridades monetárias em alerta. As altas dos preços de produtos básicos, inclusive, motivaram tentativas de saques isolados neste mês.

De igual forma, em relação ao Brasil, o órgão sustenta que "o resultado incerto das eleições de 2018 pode dificultar o crescimento econômico". O discurso reitera comentários do FMI em outubro, quando alertou sobre uma possível retorno da região ao populismo.

Reuters