Notícias
07-02-2018 - Itaú prevê que pequenas e médias empresas devem puxar crescimento do crédito
...

A retomada do crescimento da carteira de crédito para as grandes empresas deverá ocorrer apenas em 2019, avalia o presidente do Itaú Unibanco, Candido Bracher, em coletiva de imprensa. A expectativa, segundo ele, é baseada em alguns fatores, como o fato de a janela de emissão das grandes empresas no mercado de capitais ter se aberto desde o ano passado, trazendo uma outra alternativa de obtenção para as companhias.

Além disso, as companhias têm aguardado maior clareza do cenário eleitoral para seguirem em frente com seus planos de investimentos e, por fim, as grandes empresas foram as que mais sofreram com a crise de 2015 e 2016 e que, dessa forma, muitas ainda estão alavancadas e que não é recomendado o aumento do endividamento. Para este ano, o segmento de pessoas físicas e pequenas e médias empresas é que devem puxar o crescimento da carteira de crédito, estimada para ficar entre 4% e 7%.

De acordo com Bracher, o Itaú Unibanco tem condições de absorver os funcionários da operação de varejo do Citi com o seu turnover natural, mas ainda não mapeou as 70 agências da instituição em termos de possíveis fechamentos de uma ou outra. "Ainda não fizemos estudo caso a caso. Nosso número de agências está adequado. Não prevemos uma redução significativa de agências neste ano", destacou o executivo.

Agência Estado