Notícias
15-02-2018 - Rapidez das inovações assusta gestores
...

O ritmo acelerado do desenvolvimento tecnológico e as inovações disruptivas, juntamente com a resistência organizacional à mudança, são as maiores preocupações em 2018 para 728 líderes empresariais de diversas regiões do mundo. Eles foram ouvidos pela consultoria global Protiviti durante os meses de setembro a novembro de 2017.

Ao contrário do ano passado, em que as incertezas econômicas lideraram o ranking dos maiores medos, neste ano é a rápida velocidade das novidades tecnológicas que assusta. Isso porque essa nova realidade aperta o cerco nas organizações, que precisam demonstrar capacidade de gerenciar o risco adequadamente, com mudanças significativas nos atuais modelos de negócios. Outro ponto importante é o risco à segurança que essas novas tecnologias representam.

"As ameaças relacionadas à segurança cibernética impulsionam este medo e se tornaram um risco à parte neste ano depois de ataques cibernéticos em grande escala, como o WannaCry", afirma o sócio-diretor da consultoria global Protiviti Brasil, Fernando Fleider. Segundo ele, muitos gestores admitem que não estão preparados para gerenciar as ameaças virtuais em grande escala. A boa gestão de privacidade e segurança da informação, bem como a proteção dos sistemas, exigirão dos executivos recursos significativos.

Jornal do Comércio