Notícias
13-03-2018 - Exportações de calçados caem no primeiro bimestre
...

As exportações brasileiras de calçados começaram o ano em queda. Conforme dados elaborados pela Abicalçados, no primeiro  bimestre foram embarcados  20,6 milhões de pares que geraram US$ 157,75 milhões, registro que mostra estabilidade em volume e queda de 3,2% em receita gerada na relação com igual período de 2017.

Segundo o presidente-executivo da Abicalçados, Heitor Klein, as exportações que estão chegando às prateleiras no exterior foram negociadas no final do ano passado, com uma desvalorização significativa do dólar frente ao real. "Quando isso acontece, temos dificuldades de formar preços competitivos para o comprador internacional. No Brasil convivemos com uma das maiores cargas tributárias entre os países em desenvolvimento, que oneram a produção e encarecem o produto. Neste ambiente, o câmbio favorável acaba sendo um compensador, o que não vem ocorrendo", comenta.
Para o executivo, o movimento de queda não deve mudar nos próximos meses. "Se tivermos um suspiro será no segundo semestre, quando serão comercializados os produtos de verão", ressalta, acrescentando que, diferentemente do ano passado, a "esperança" de dias melhores está no mercado doméstico, que vem em recuperação gradual. "Com o câmbio da maneira que está, com o dólar na casa de R$ 3,20 não temos perspectivas de uma recuperação nos embarques", comenta.
 

Comunicação da Abicalçados