Notícias
15-05-2018 - Brasil e Estados Unidos renovam parceria para acelerar exame de patentes
...

O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e o Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos (USPTO, sigla em inglês) abriram nova fase do Patent Prosecution Highway (PPH), via expressa para análise de pedidos de patentes feitos nos dois países.  A nova etapa, que entra em vigor nesta quinta-feira (10), terá validade de dois anos e comportará até 200 demandas em cada escritório.  A novidade é que o Brasil aumentou o número de setores que podem ter pedidos analisados pelo PPH: além de petróleo, gás e petroquímico, poderão entrar no programa depósitos em tecnologia da informação. 

No projeto piloto, executado entre 2016 e 2018, o INPI recebeu 72 pedidos de patentes e concluiu 43 processos. Em média, cada decisão saiu em até 180 dias. "A renovação do PPH com os EUA é uma conquista. O mercado americano é estratégico para a nossa indústria e a rapidez na concessão de patentes dá mais segurança para competirmos lá fora", avalia o diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi.

Demanda sistemática da indústria, os acordos de PPH têm sido priorizados no INPI. 

 Portal da Indústria