Notícias
17-05-2018 - Após indicador fraco, economistas revisam projeção para PIB neste ano
...

A fraqueza apontada pelo indicador de atividade econômica do Banco Central no primeiro trimestre fez analistas revisarem a projeção para o PIB brasileiro neste ano. A economia teve queda de 0,74% em março em relação a fevereiro, segundo dados divulgados pelo Banco Central nesta quarta-feira (16). No primeiro trimestre, o IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do BC) teve queda de 0,13% em relação ao último trimestre de 2017. O BC também revisou para baixo o indicador de fevereiro, que antes mostrava uma alta de 0,09% ante janeiro e agora apresenta uma queda de 0,1% na mesma comparação.

Depois da divulgação dos dados, economistas soltaram relatórios e notas revisando as projeções para este ano. David Beker, chefe de economia e estratégia do Bank of America Merrill Lynch no Brasil, informou que o banco reduziu de 3% para 2,1% a projeção para crescimento da economia brasileira neste ano. "A intensidade da recuperação tem decepcionado na margem", indicou, em nota. André Perfeito, economista-chefe da Spinelli Corretora, estima o PIB em 2% neste ano. "Temos assim um desafio grande na mão do governo uma vez que a atividade em queda pode, ato contínuo, derrubar mais uma vez a arrecadação", afirmou, em relatório. Para ele, o dado reforça a percepção de que haverá um 13º corte na Selic, para 6,25% ao ano.

 

Folha Press