Notícias
21-05-2018 - Mapa Estratégico de Mercados e Oportunidades Comerciais para as Exportações Brasileiras
...

Uma ferramenta fundamental para os empresários brasileiros que objetivam a exportação de seus produtos e a internacionalização de suas empresas. É dessa maneira que pode ser definido o "Mapa Estratégico de Mercados e Oportunidades Comerciais para as Exportações Brasileiras", que, agora, ganha uma nova versão, atualizada e ampliada, em um esforço conjunto de diversas áreas técnicas da Apex-Brasil.

O mapa se destina a apoiar as empresas brasileiras na diversificação de destinos e de produtos exportados. Para sua elaboração, foi utilizada uma metodologia desenvolvida pela Apex-Brasil, aliada às prioridades apontadas por parte do setor privado brasileiro. Destacam-se países considerados estratégicos para a atuação comercial brasileira que foram destino de mais de 90% das exportações brasileiras para o mundo em 2016. Posteriormente, identificam-se setores e formas de atuação em cada um desses mercados.

O serviço oferece uma visão das melhores estratégias em cinco macrossetores: Alimentos, Bebidas e Agronegócio; Casa e Construção; Moda e Cuidados Pessoais; Máquinas e Equipamentos; Multissetorial e Outros. "Dentro dos macrossetores, há mais de 70 setores e mais de 200 subsetores, com a novidade de ter sido criada uma maior segmentação dos subsetores", explica Igor Isquierdo Celeste, Coordenador de Inteligência de Mercado da Apex-Brasil.

De acordo com Igor Celeste, as diferentes cores dos países no mapa, segundo o tipo de produto, ajudam o empresário a definir sua estratégia de exportação e internacionalização. "Se o país está na cor Verde, significa Abertura de Mercado. Trata-se de um mercado em que ainda não há participação expressiva do Brasil do produto ou há pouca participação ou, ainda, não existe participação. Se a cor do país no mapa é Laranja significa Consolidação. Há uma participação interessante, com mais de 1% do mercado, com bom dinamismo, mesmo sem o Brasil ser líder de mercado.", afirma.

Segundo ele, se a cor é Azul, há uma liderança por parte do Brasil, com alta participação de mercado. Além disso, os produtos brasileiros nesse destino crescem junto ou até mais que os concorrentes. "Trata-se de uma boa oportunidade para a internacionalização das empresas que já têm boa performance em termos de comércio. E se, por fim, a cor do país aparece em amarelo, entendemos que há uma necessidade de recuperação de nossas empresas, com crescimento abaixo dos concorrentes", explica.

Na versão atualizada, aliás, o mapa recebeu um upgrade. Antes, oferecia informações sobre 42 países, agora oferece sobre 63. E também libera a geração de PDF das informações da ferramenta e a impressão, para posterior consulta. "Uma empresa com múltiplos produtos pode, por exemplo, buscar as oportunidades por país, além de delimitar um foco estratégico para exportar. O mapa é um bom ponto de partida para a geração de negócios, ainda que não elimine todas as pesquisas necessárias para a inserção de mercado, como mapear regulamentos técnicos ou fitossanitários necessários para o acesso ao mercado", define Igor Celeste.

Outra novidade é que ao acessar uma oportunidade o empresário encontra todos os estudos relacionados ao país desenvolvidos pela Apex-Brasil. "Caso tenhamos estudos disponibilizados, encontrarão informações aprofundadas sobre seus mercados-alvo", cita Igor. 

Por fim, para que os técnicos da Apex-Brasil possam ter uma visão qualitativa (além da quantitativa) de quem acessa o mapa, é necessário o preenchimento, uma única vez, de um rápido cadastro.

Acesse o mapa: http://geo.apexbrasil.com.br/Oportunidades_Comerciais.html#/ 

Apex-Brasil