Notícias
08-06-2018 - Empregadores debatem futuro do trabalho e desafios para o setor produtivo durante a OIT
...

O Brasil tem avançado na criação de condições para uma adaptação mais rápida às transformações trazidas por novas tecnologias. Segundo o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, a atualização da legislação trabalhista para adequá-la às formas de trabalhar e produzir contribuem para alinhar o país ao restante do mundo, mas é preciso fazer mais. "As recentes mudanças corrigem uma parte dos problemas. Mas estamos passando por um momento que ainda vai requerer muitas adaptações ao novo mundo da economia digital e da Indústria 4.0", disse.

 

Andrade falou a representantes do setor produtivo no 5º Fórum Anual da Organização Internacional de Empregadores (OIE), durante a 7ª Conferência Internacional do Trabalho, em Genebra. O evento contou com um painel sobre as tendências no futuro do trabalho e os desafios que trazem para as empresas e para as organizações que representam os empregadores. "Os fatos e os números nos permitem avaliar o complexo cenário pelo qual estamos passando, que tem algumas semelhanças com a intensidade das transformações da primeira revolução industrial", observou.

Portal da Indústria