Notícias
09-07-2018 - SinmaqSinos pede aos deputados voto contrário à MP do frete
...

Documento assinado pelo presidente do SinmaqSinos, Heitor Schreiber, solicitou o voto contrário dos deputados federais à Medida Provisória 832/2018, que estabelece a política de preços mínimos do transporte rodoviário de cargas, está prestes a ser votada pela Câmara de Deputados e pelo Senado:

 

"O Sindicato da Indústria de Máquinas e Implementos Industriais e Agrícolas de Novo Hamburgo e Região (SinmaqSinos), em apoio a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul – FIERGS, manifesta-se pela rejeição da matéria, em razão de seu caráter nocivo não apenas para todos os setores produtivos, como também para a sociedade.

Estabelecer um valor mínimo arbitrário para qualquer serviço representa retrocesso nas relações comerciais, pois desconsidera peculiaridades locais e das diferentes cadeias produtivas, além de distorcer o princípio básico da economia de mercado, que é a relação entre a oferta e a demanda.

Nosso setor de máquinas, bem como, todos os segmentos da indústria dependem do transporte rodoviário de cargas, se não em toda a sua rota de distribuição, pelo menos em parte dela. Ao fixar preços mínimos para este serviço — e em valores elevados, como é a tabela da ANIT em vigor — ficará sacramentada a elevação em cadeia dos produtos consumidos pela sociedade, de qualquer nível de necessidade, provocando inflação.

O País não pode ficar submetido aos interesses de uma categoria. Solicitamos que vote contra a Medida Provisória 832/2018, deixando que a livre negociação regule os custos de distribuição".