Notícias
16-08-2018 - CNI defende abertura comercial por meio de agenda ambiciosa de acordos
...

O diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi, defendeu nesta terça-feira (14) a abertura comercial brasileira por meio de uma agenda ambiciosa de acordos. Segundo o diretor, as negociações com União Europeia e México continuam sendo as prioridades da agenda brasileira.

 

"As negociações com União Europeia e México, primeiro e sexto maiores parceiros do Brasil, merecem uma atenção especial, pois já se encontram em fase adiantada de negociação", disse Abijaodi, durante a abertura reunião da Coalizão Empresarial Brasileira (CEB), em Brasília.

Entre as prioridades da CNI para a agenda de 2018 está a conclusão das negociações de um acordo de livre comércio – ou de um acordo parcial, o mais amplo possível – entre o Brasil e o México. O embaixador do México no Brasil, Salvador Arriola, que esteve presente na reunião da CEB, não entrou em detalhes sobre as negociações. Ele disse, no entanto, estar convencido da necessidade de aprofundar o acordo 53 (que envolve bens de diferentes setores e hoje possui apenas 800 produtos, sendo só metade deles livre de tarifas de importação) e manter o acordo 55 (que regula o comércio automotivo entre os dois países). O embaixador também afirmou que o governo mexicano está trabalhando para estabelecer mecanismos para promover encontros entre os setores privado mexicano e brasileiro.

Portal da Indústria