Notícias
14-01-2019 - Volume e faturamento de exportação de calçados do Ceará despencam
...

 O volume de exportação de calçados cearenses caiu 18% no ano passado em comparação com 2017. Segundo informações divulgadas pela Abicalçados, em 2018 o Estado vendeu no mercado internacional 40,9 milhões de pares, enquanto que um ano antes, a comercialização chegou perto dos 50 milhões de pares. A queda foi a maior entre os 10 maiores estados exportadores do País. A redução também afetou a receita, que diminuiu 13,9%, registrando US$ 248,7 milhões. Apesar dos números negativos, o Ceará continua sendo o segundo maior exportador do Brasil.

Para o presidente da Agência do Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Eduardo Neves, diversos fatores foram responsáveis pelas quedas no volume e na receita de exportação no ano passado. "2018 foi ruim para a toda a indústria brasileira, para todos os segmentos, salvo raríssimas exceções. No caso da exportação de calçados você teve a questão macro da oscilação cambial, que foi grande e gera uma incerteza. Quando você trabalha na exportação o mercado quer a redução do valor em dólar. Essa oscilação impede qualquer negociação", explica.

Diário do Nordeste