Notícias
15-04-2019 - Falta de investimentos trava economia nacional
...

 A avaliação foi realizada quinta-feira (11), durante o evento Análise de Cenários, promovido pela Abicalçados e Assintecal, em Novo Hamburgo. O palestrante do encontro, o doutor em Economia Marcos Lélis, disse ainda que a economia brasileira perdeu a "capacidade de arranque" e que o problema é mais estrutural do que conjuntural.

O economista ressaltou que, apesar das expectativas positivas geradas pelo novo governo, a economia ainda não reagiu de forma efetiva, com índices de desemprego e inadimplência elevados. "Estamos andando de lado há cinco, seis anos. Os investimentos, tanto públicos quanto privados, estão nos mesmos patamares de 2008 e 2009 ", disse, acrescentando que a baixa utilização da capacidade instalada do setor – de cerca de 75% – não permite outro cenário. 
Segundo Lélis, a situação não irá mudar sem uma transformação estrutural, com mais investimentos, especialmente por parte do setor público. "Os investimentos públicos vêm caindo de forma mais elevada do que o privado. Em quatro anos, de 2014 a 2018, essa queda ultrapassou 52%", destacou, ressaltando que o governo precisa voltar a investir, seja por meios próprios ou por meio de parcerias público-privadas. Além do investimento, a retomada econômica passa ainda pelo consumo, que está estagnado em função do desemprego elevado – mais de 12%, sendo que, considerando o subemprego, esse índice sobe para 24% –, e pelo aumento do endividamento das famílias, já em mais de 62%. "Hoje, 88% da produção industrial brasileira é consumida no mercado interno, então se não houver recuperação dessa demanda dificilmente teremos resultados positivos", frisou o economista, acrescentando que esta vem registrando quedas há oito meses. "Estão nos vendendo que a Reforma da Previdência vai resolver todos esses problemas e não vai", reforçou.

Comunicação da Abicalçados