Notícias
31-05-2019 - Especialistas defendem a importância do Sistema S para a qualificação profissional e a inovação nas empresas brasileiras
...

 Em audiência pública na Câmara dos Deputados, o diretor de Educação e Tecnologia da CNI, Rafael Lucchesi, defendeu nesta quinta-feira (30) a importância das entidades do Sistema S para a formação profissional, para a competitividade e a inovação dentro das empresas e para o processo de inclusão social no Brasil. De acordo com Lucchesi, que também é diretor-geral do Senai e diretor-superintendente do Sesi, apenas em 2018 o Senai registrou 2,3 milhões de matrículas em educação profissional. A entidade possui em todo o Brasil 587 unidades fixas e 457 unidades móveis, sendo dois barcos-escola.

O Sesi realizou 1,1 milhão de matrículas em educação básica, continuada e em ações educativas no país em 2018. Ao todo, foram 3,5 milhões de brasileiros beneficiados com serviços de saúde e segurança no ano passado. O diretor ressaltou que, de todas as matrículas de pessoas com deficiência na educação profissional no Brasil, 57% são no Senai. Além disso, 80% dos alunos da instituição vêm das classes C, D e E.

Portal da Indústria