Notícias
04-06-2019 - Funcionários de fábricas de calçados entram em férias coletivas por falta de encomendas em Birigui
...

 Por falta de encomendas e ainda sentindo os efeitos da crise econômica, parte da indústria calçadista de Birigui (SP) decidiu dar férias coletivas para os funcionários. O município é conhecido como a capital nacional do calçado infantil com mais de 300 empresas que movimentam a economia da região noroeste paulista. No ano passado, a estimativa de produção chegou a 42 milhões de pares por dia, com faturamento de R$ 1,730 bilhão.

Para algumas indústrias a salvação tem sido investir fora do país, ainda mais com o dólar alto, mas os contratos internacionais não estão em todas as fábricas, e a produção voltada para o mercado exterior ainda não é o suficiente para equilibrar as contas.

Desde o último dia 21, a fábrica da empresária Edna Lopes está com as máquinas desligadas. Cerca de 80 funcionários não estão mais indo ao local. A empresa presta serviço terceirizado e os pedidos reduziram 30%. "Essa época do ano era para a gente estar trabalhando muito. Inclusive de sábado, mas está difícil", diz a empresária Edna Lopes.

A realidade também pode ser vista em outras fábricas do município. Uma alternativa encontrada pelos empresários para não precisar fazer uma demissão em massa.

G1