Notícias
14-06-2019 - Tentativa de greve não tem amparo legal
...

 A tentativa de realizar uma greve geral hoje, dia 14, não tem amparo legal, pois não se trata de mobilização de uma categoria e sim sob o pretexto de ser contra a Reforma da Previdência. Portanto, é um movimento nitidamente político.

Essa é a posição da FIERGS ao analisar  a pretendida paralisação  marcada para esta sexta-feira. Segundo o presidente da entidade, Gilberto Porcello Petry, além da ilegalidade, há grupos de sindicalistas que se utilizam do bloqueio de vias de trânsito, estradas e garagens do transporte coletivo para dar a falsa impressão de adesão de trabalhadores da iniciativa privada. O movimento também é inoportuno quando, lamentavelmente, existem no País mais de 13 milhões de pessoas desempregadas.
"Se quisermos ajudar a mudar o Brasil temos que olhar criticamente para essas tentativas de greve", disse Petry. A FIERGS também esclarece que a legislação prevê o desconto do dia parado dos salários dos trabalhadores, já que a falta é entendida como suspensão do contrato de trabalho, de acordo com a legislação vigente.

Comunicação da FIERGS