Notícias
13-08-2019 - Para FIERGS, MP da Liberdade Econômica simplifica a atividade empresarial
Leia mais...

 A Medida Provisória 881/2019, conhecida como a MP da Liberdade Econômica, está na pauta de votação da Câmara dos Deputados desta terça-feira (13). Para a FIERGS, a MP é importante pois estabelece regras gerais para garantir a livre iniciativa de negócios no País de forma desburocratizada. "Talvez a medida seja o coroamento desse primeiro choque de modernidade que o Brasil precisa concluir. Todos os fatos indicam que estamos abrindo um novo capítulo na história da economia brasileira", diz o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry.

Entre os principais pontos da MP, o texto muda a legislação para pequenos negócios e startups, colocando entre as alterações o fim da exigência de licenças e alvará para o início de atividades de empresas de baixo risco. Além disso, concede liberdade de horário e dia para produzir, empregar e gerar renda, deixando autorizado o trabalho aos domingos e feriados. Também institui a Carteira de trabalho eletrônica, com emissão preferencialmente pelo Ministério da Economia, e identificação única pelo CPF.

A MP garante ainda, entre outros itens, maior segurança jurídica e que o contrato empresarial entre as partes deverá ser respeitado, com o pactuado entre elas tendo força de lei. Outro importante avanço da MP da Liberdade Econômica é a desburocratização para abertura de novos negócios e incentivo a pequenos empreendimentos, bem como a substituição do eSocial por outro sistema. Cabe destacar a importância da revogação do artigo 160 da CLT, que dispõe sobre a inspeção prévia e aprovação das instalações em matéria de medicina e segurança do trabalho.

 

Comunicação da FIERGS