Notícias
24-09-2019 - Abertura de empresas no RS volta a superar fechamento
Leia mais...

Pela primeira vez desde 2015, o Rio Grande do Sul tem mais empresas abertas do que fechadas nos primeiros oito meses de um ano, levando em consideração somente as sociedades anônimas (SA), sociedades limitadas (Ltda) e cooperativas. 

De janeiro a agosto de 2019, segundo a Junta Comercial, Industrial e de Serviços do Estado (Jucis-RS), foram constituídos 9,5 mil e extintos 8,2 mil negócios nas três modalidades responsáveis por liderar a geração de empregos. Com isso, o período contou com saldo de 1,3 mil novas companhias neste ano, sendo 98% delas do tipo limitada.

O vice-presidente da Jucis-RS, Sauro Martinelli, vê o resultado positivo como um reflexo do fim da recessão vivida recentemente, entre 2015 e 2016, e o início da retomada, mesmo que lenta, da economia brasileira. Após atingir sua mínima histórica em 2016, a criação de empresas limitadas vem subindo gradativamente no Rio Grande do Sul. 

A Calçados São Francisco, de São Francisco de Paula, na Serra, é um dos novos negócios surgidos em 2019. A fabricante de sapatos, sapatilhas e sandálias femininas começou as atividades em agosto. O local escolhido para montar a unidade foi o mesmo onde, no ano passado, outra calçadista, a Di Cristalli, fechou as portas, deixando cerca de 400 pessoas desempregadas no município. 

Zero Hora