Notícias
09-01-2020 - Robótica avançada: entenda o que é isso
...

As transformações na linha produtiva têm ocorrido em todas as etapas do processo industrial, desde o chão de fábrica até a gestão de projetos e o relacionamento com os clientes. Nesse contexto, a robótica avançada tem ganhado espaço e ajudado na otimização do tempo, no aumento da produtividade e da margem de lucro dos negócios.

A robótica avançada pode ser entendida como um conjunto de tecnologias refinadas para realização de tarefas cada vez mais complexas, que exigem algum grau de repetição e precisão. Trata-se de equipamentos capazes de realizar atividades antes feitas por humanos ou mesmo aquelas que são impossíveis de serem executadas por qualquer um de nós.

A robótica avançada é a sofisticação de máquinas, a fim de que fiquem cada vez mais automatizadas. Assim, elas contam com design eficiente, são mais seguras e promovem a integração da linha de produção por meio da coleta, sistematização e avaliação de dados.

Além disso, os robôs são preparados para atuarem em cooperação com os funcionários, por isso alguns recebem o nome de COBOTs,  os robôs colaborativos. Dessa forma, cria-se na indústria um ambiente híbrido em que a força de trabalho humano pode ser canalizada para tarefas que exigem maior discernimento e reflexividade, — o que as máquinas não possuem.

Essas soluções fazem parte do movimento da Indústria 4.0, em que a tecnologia é utilizada para mediar boa parte dos processos de produção, deixando-os mais ágeis e modernos.

O desenvolvimento de robôs de alta performance pode ser aproveitado em diferentes frentes de trabalho. No chão de fábrica, são usados principalmente no empacotamento, limpeza, armazenamento, carga, descarga e montagem. Contudo, para além de "máquinas" que repetem processos, os robôs são capacitados para realizar mais de uma tarefa, ou atividades segmentadas, de forma sincronizada com todo maquinário.

Um exemplo disso é o empacotamento seletivo que diferentes peças de uma esteira pode demandar e que já pode ser feito pelos robôs na fábrica. Aliás, esse tipo de soluções com robôs tem demonstrado resultados animadores, como no caso da Flextronics, que otimizou o processo de embalagens de celulares em 40% na produção por hora trabalhada. 

Nesse mesmo sentido, a robótica avançada possibilita que um mesmo robô execute tarefas distintas, como soldar, empacotar, pintar e etc., com programações que podem ser alteradas pelo controle humano sem grandes dificuldades. 

Sesi/RS