Notícias
29-03-2020 - Medidas para coronavírus somam até 5% do PIB, mas governo volta às reformas depois, diz Guedes
...

As medidas do governo para enfrentamento ao coronavírus somam de 4,8% a 5% do PIB, num desvio transitório do foco do governo, que permanece sendo de reformas para retomada do crescimento, defendeu o ministro da Economia, Paulo Guedes, na noite deste sábado.

 

 

"Se nós fizermos um programa colossal de (medidas) emergenciais sem sinalizar as estruturantes, aí nós vamos desestabilizar as expectativas, aí começa o juro a subir, começa a inflação a subir e isso nós não podemos permitir", disse ele, ao participar de mesa redonda virtual com executivos da XP.

 

Segundo Guedes, passado esse período de três, quatro meses, o país precisará destravar investimentos e aprovar projetos e reformas no Congresso com esse objetivo.

 

Ele pontuou que, por conta dos gastos com o surto do Covid-19, o Brasil terá déficit primário "extraordinário" este ano. Mas o ministro afirmou que o Brasil arcará rapidamente com essa conta.

 

Reuters