Notícias
15-05-2020 - Regra de ouro não será cumprida nos próximos anos, diz Mansueto
...
O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, afirmou ontem (14) que a regra de ouro precisará ser revista porque não será possível cumpri-la nos próximos anos. Mansueto Almeida participa de audiência pública virtual promovida pela Comissão Mista do Congresso Nacional para acompanhar a situação fiscal e a execução orçamentária e financeira das medidas relacionadas ao novo coronavírus, causador da covid-19.
 
A regra de ouro proíbe o Executivo de se endividar para pagar as despesas correntes – como são chamados os gastos da administração pública para manter seus serviços em funcionamento. Mansueto Almeida lembrou que, desde o ano passado, a regra de ouro não é cumprida. "A regra de ouro é boa, mas o gasto e a perda de receita ficaram tão grandes, o buraco fiscal ficou tão grande, que hoje a gente tem que pedir emprestado para pagar despesas correntes essenciais. A gente vai ter que mudar a regra de ouro", disse o secretário. Ele acrescentou que a regra não deve ser cumprida até o final do atual governo e "talvez não seja cumprida no início do próximo também".
 
O secretário disse que a dívida pública é alta, mas destacou que a preocupação do mercado é com a trajetória do endividamento nos próximos anos. "O mercado não consegue enxergar a dívida caindo em relação ao tamanho da economia."
 
Agência Brasil