Notícias
19-05-2020 - Controle da pandemia e desconfinamento fazem otimismo de investidores saltar na Alemanha
...

 O controle da pandemia de coronavírus na Alemanha e o desconfinamento gradual provocaram forte alta na confiança dos investidores na recuperação da maior economia da Europa, mostrou o índice Zew de Sentimento Econômico, divulgado nesta terça (19).

 
O indicador é construído após entrevistas com 202 analistas e investidores, na semana anterior à da divulgação. Em maio de 2020, o índice de expectativa para a economia alemã subiu 22,8 pontos, e atingiu 51, embora a avaliação do estado atual tenha recuado 2 pontos, para 93,5.
 
 O país adotou medidas de restrição para combater a pandemia de coronavírus a partir de 12 de março, e ficou em confinamento amplo de 22 de março a 20 de abril, quando algumas lojas puderam reabrir.
 
As previsões são de que no segundo semestre o PIB também registre queda na Alemanha, mas os analistas e investidores ouvidos revelaram otimismo em relação a uma reviravolta a partir do verão, que começa em junho. O crescimento deve se acelerar no quarto trimestre deste ano, estimam os alemães entrevistados. Uma recuperação completa, na avaliação deles, deve vir apenas em 2022.
 
A expectativa vai na mesma direção das previsões feitas pela União Europeia, de que a economia alemã tenha contração de 6,5% neste ano e recuperação de 6% em 2021.
 
A recuperação alemã deve ser ajudada por forte participação do governo em programas de proteção aos empregos e às empresas atingidas pela crise. Com PIB de cerca de 4 trilhões de euros (mais de R$ 24 trilhões, pelo câmbio atual), ou cerca de um quarto do PIB da UE, o país responde por mais da metade (52%) dos quase 2 trilhões de euros injetados por Estados em suas economias até agora.
 
Folha Press