Notícias
04-06-2020 - Com aposta em modalidades de crédito mais caras, bancos elevam rentabilidade pelo 3º ano
...

A rentabilidade dos bancos no Brasil seguiu trajetória ascendente em 2019, seu terceiro ano consecutivo de aumento, apoiada pelo aumento de operações que são mais caras para pessoas físicas, como cheque especial, cartão de crédito e empréstimo não consignado, mostraram dados do Banco Central divulgados nesta quinta-feira.

 
Para este ano, contudo, o BC afirma que dados já apontam para uma queda da rentabilidade com um aumento nas provisões para fazer frente à esperada elevação da inadimplência.
 
Conforme o Relatório de Economia Bancária do BC, o Retorno sobre o Patrimônio Líquido (ROE) do sistema bancário alcançou 16,5% em dezembro de 2019, ante 14,8% no mesmo mês de 2018.
 
Enquanto o ROE dos bancos privados fechou o ano em 17,2% (+1,1 ponto), o dos bancos públicos ficou em 15,6% (+2,8 pontos) e dos estrangeiros em 16,4% (+2 pontos).
 
A elevação foi contra prognóstico traçado pelo próprio BC, que havia estimado, após o ROE do sistema ter atingido 15,8% no primeiro semestre do ano passado, que a tendência à frente era de arrefecimento em função do esgotamento da redução das despesas de provisão e da expectativa de retração dos ganhos de eficiência operacional.
 
Reuters