Notícias
14-06-2020 - Cenário de Selic a 2,25% ganha força no mercado
...

Em um ambiente de inflação cada vez mais baixa e relativo alívio das condições financeiras, o Copom do Banco Central deve ter espaço para cumprir o roteiro desenhado há cerca de um mês e aplicar uma nova redução de 0,75 ponto percentual da taxa básica de juros, a Selic. Apesar de uma série de incertezas no radar, economistas e analistas consultados pelo Valor avaliam, de maneira quase unânime, que o colegiado levará a Selic de 3% para 2,25% na decisão da próxima quarta-feira, repetindo a magnitude do corte feito em maio, quando surpreendeu parte do mercado pela postura mais agressiva.

 
Em pesquisa com 83 instituições financeiras e consultorias, apenas 5 casas veem um corte mais conservador, de 0,50 ponto, e somente uma projeta baixa mais ousada, de 1 ponto percentual. Todas as outras estimam redução de 0,75 ponto percentual. Para o fim do ano, 57 participantes veem manutenção da taxa Selic, enquanto 26 projetam reduções adicionais - em nível igual ou inferior a 2%.
 
Valor Econômico