Notícias
25-06-2020 - Ou inova ou desaparece: os caminhos para a indústria impostos pela pandemia
...

Disseminar a cultura da inovação. Esse foi o mantra que permeou a palestra da diretora de Inovação da CNI, Gianna Sagazio, a empresários e representantes de instituições que trabalham pesquisa e desenvolvimento em Goiás. A apresentação foi promovida pela Federão Federação das Indústrias do Estado de Goiás, nesta quarta-feira (24), com participação de 31 instituições.

 
Durante uma hora, Gianna elencou as diversas ações desenvolvidas no âmbito da Mobilização Empresarial Pela Inovação (MEI) com foco em tornar a indústria brasileira mais inovadora e competitiva. A atuação envolve a proposição de políticas públicas e instrumentos de apoio à inovação; a articulação para o fortalecimento da inovação empresarial e melhoria do ambiente de negócios; e a produção e difusão de conhecimento sobre ciência, tecnologia e inovação.
 
De acordo com a diretora da CNI, o atual contexto de pandemia deixou ainda mais clara a necessidade de as empresas investirem em tecnologias inovadoras e, principalmente, em aperfeiçoarem metodologias de gestão. "É extremamente importante ajudarmos as empresas a se inserir nessa revolução industrial, sobretudo as de pequeno porte. É um caminho sem volta. Quem não se inserir, corre o risco de desaparecer em um futuro próximo", avaliou.
 
Segundo Gianna, os empresários, sobretudo os pequenos, têm a percepção de que é preciso grandes investimentos para se inserir no contexto da Indústria 4.0. Entretanto, a especialista alerta que o importante é dar passos nesse sentido e, para isso, as empresas contam com diversas ações articuladas pela MEI, inclusive em parceria com as federações estaduais da indústria e sindicatos patronais, para ajudá-las nessa jornada pela inovação.
 
Portal da Indústria