Notícias
13-07-2020 - Com covid-19, fluxo de caixa importa mais do que nunca para as companhias
...

A temporada de resultados do segundo trimestre pode estar começando, mas, mais do que nunca, o dinheiro em caixa é o centro das atenções. E os problemas de fluxo de caixa podem prejudicar o desempenho das ações durante o segundo semestre de 2020.


Os investidores já avaliam 2020 como um ano perdido para os lucros. Espera-se que os ganhos caiam cerca de 12% neste ano, mas o S&P 500 está sendo negociado em aproximadamente 25 vezes os ganhos estimados, seu nível mais alto desde a era das pontocom. Ninguém parece se importar: o índice caiu apenas 1,4% no acumulado do ano e menos de 6% do nível mais alto de todos os tempos.

O resultado pode não importar, mas o dinheiro em caixa, sim. A rede de cafés Dennys, que foi duramente atingida pela  covid-19, viu suas ações subirem quase 70%, superando o mercado mais amplo, conforme a reabertura dos restaurantes foi acontecendo. No entanto, quando anunciou uma oferta de ações para arrecadar dinheiro, suas ações despencaram. Caíram 10% em um dia e já acumulam queda de 12% desde então.

Valor Econômico