Notícias
10-09-2020 - Segunda remessa do Pronampe pode acabar nesta sexta
...

Os R$ 14,1 bilhões liberados para a segunda remessa do Pronampe podem acabar nesta sexta-feira (11). A afirmação é do vice-presidente de governo do Banco do Brasil, João Pinto Rabelo Júnior. O banco é o administrador do programa por meio do FGO (Fundo de Garantia de Operações). "A demanda está bem grande e os recursos estão bem espalhados pelo país. Até sexta-feira eu acredito que, se não tiver ido 100% [dos recursos da linha], com certeza teremos mais de 90%, 95% já contratados", afirmou. Até terça-feira (8), as operações garantidas alcançaram R$ 8,248 bilhões -cerca de 58,5% do total de recursos da linha, de acordo com o BB.

 
O Pronampe é destinado às micro e pequenas empresas — com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões. O prazo máximo de pagamento das operações contratadas é de 36 meses, com carência de 8 meses. Os juros correspondem à Selic (taxa básica de juros) mais 1,25% ao ano sobre o valor concedido. Banco do Brasil é administrador do Pronampe, por meio do FGO. Na primeira fase do programa o governo já havia liberado R$ 15,9 bilhões, que acabaram em pouco mais de um mês.
 
Bradesco e Santander afirmaram em nota que todos os recursos advindos da segunda fase do Pronampe já se esgotaram. O BB informou que já emprestou R$ 1,8 bilhão pelo Pronampe nesta segunda fase de liberação de recursos. Questionado sobre os R$ 750 milhões restantes para compor o total de recursos destinados ao banco, que somam R$ 2,55 bilhões, o BB afirmou apenas que liberou R$ 6,8 bilhões no total pelo Pronampe até agora, contemplando 111 mil empresas.
 
Jornal do Comércio