Notícias
15-10-2020 - Recorde na emissão pela CNI de documento que garante benefícios a exportadores
...

Em ano marcado pela crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, a CNI registrou aumento de 9% nos certificados para exportação emitidos pela Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN), vinculados às federações das indústrias nos estados. Na avaliação técnica, a nova plataforma, lançada em maio, para tornar o processo ainda mais ágil e intuitivo, e a ampliação do uso do documento digital no comércio com mercados relevantes como o Paraguai ajudaram no crescimento da emissão do certificado, que garante benefícios como a isenção completa das tarifas alfandegárias aos produtos transacionados entre países que têm acordo comercial.

 
Entre as empresas que usaram a Rede CIN para emitirem o COD está a desenvolvedora de hardwares e softwares Dynamox. Com pouco mais de 50 empregados e sede no Parque Tecnológico Alfa, em Florianópolis (SC), a empresa desde a criação em 2007 esteve interessada no mercado externo, mas só concretizou o plano recentemente. "Começamos a exportar regularmente em meados de 2019 para o Chile. Hoje exportamos ainda para o México, Argentina, Omã, Moçambique e Malásia", relata a diretora comercial Rejane Scholles. Para, pelo menos, três desses países, a empresa utiliza o COD para garantir que o produto é brasileiro e ter direito a reduções ou isenções de impostos de importação.
 
Portal da Indústria