Notícias
18-11-2020 - Indústria fortalecida é estratégica para desenvolvimento da economia brasileira
...

A pandemia de covid-19 deteriorou as perspectivas de crescimento do Brasil em 2020 e impôs uma série de novos desafios para os setores produtivos voltarem a ganhar tração. Nesse processo de retomada, a indústria ocupa papel central e função estratégica. Ela é responsável por oferecer novas opções –tecnologia e inovação– e dinamizar os demais segmentos da economia. Nesse sentido, sua atuação tem um efeito multiplicador, que reverbera até a ponta da cadeia produtiva, nos setores de comércio e serviços.

 

De acordo com a CNI, a cada real produzido na indústria, são gerados R$ 2,40 para a economia brasileira. Para efeitos de comparação, a agricultura gera R$ 1,66; e o setor de serviços, R$ 1,49 a cada real produzido.

 

Além disso, embora represente apenas 20,9% do PIB, a indústria brasileira responde por 70,1% das exportações brasileiras, 68% dos investimentos privados em pesquisa e desenvolvimento, 33% da arrecadação de tributos federais (exceto receitas previdenciárias) e 31,2% de arrecadação previdenciária patronal.

 

"A indústria desempenha um papel importante no fortalecimento de todo o setor produtivo brasileiro, especialmente com seus investimentos em tecnologia e inovação. A recuperação da economia nacional passa, portanto, por melhores condições para a indústria retomar seu fôlego, voltar a produzir em plena capacidade, competir de maneira mais eficiente e voltar a crescer", afirma o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade.

 

Portal da Indústria