Notícias
08-12-2020 - Indústria inovadora reagiu melhor à pandemia, mostra CNI
...

A pandemia está sendo a prova dos nove para mostrar que as chamadas indústrias 4.0 - aquelas que incorporam em larga escala tecnologias digitais na produção - são mais resilientes à crise. Em meio às turbulências desde março, essas empresas conseguiram atingir melhores resultados comparados aos da manufatura tradicional.

 
As indústrias 4.0 lucraram mais e mantiveram ou até ampliaram as contratações de trabalhadores em relação ao período pré-pandemia. Resultado: hoje estão com melhores perspectivas de faturamento para 2021. Isso é o que revela uma pesquisa da CNI, obtida com exclusividade pelo Estadão. Foram ouvidas cerca de 500 indústrias, de todos os portes.
 
A pesquisa, feita entre a última semana de outubro e meados de novembro pelo Instituto FSB Pesquisa, revela que 54% das indústrias que adotaram de uma a três tecnologias digitais na produção registram hoje um lucro igual ou maior que no período pré-pandemia. Esse resultado está sete pontos porcentuais acima do registrado pela indústria analógica.
 
A tendência se repete nas contratações. No mês passado, 30% das indústrias que adotaram até três tecnologias digitais tinham ampliado os quadros de funcionários em relação ao período pré-pandemia. Já o aumento do emprego na manufatura tradicional ocorreu com fatia menor, 21% das empresas, na mesma base de comparação.
 
Agência Estado