Notícias
06-02-2021 - Aumento nos preços do aço pode atrasar a retomada da economia
...

Depois de receber manifestações de empresas e sindicatos sobre a elevação dos preços do aço, que já chega a 100% em alguns casos, considerando abril do ano passado até agora, o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry, disse que esse aumento poderá atrasar a retomada da economia já afetada drasticamente pela pandemia.

 
Petry salienta que o aço impacta os custos de diversos segmentos da indústria no Rio Grande do Sul, desde o parque de máquinas agrícolas até bens de capital, autopeças e veículos. "Essa elevação fora de parâmetros ameaça a retomada da economia como um todo, e pode ser um fator inflacionário importante, que o governo precisará administrar", enfatizou o presidente da FIERGS.
 
Em 2021, em pouco mais de um mês, o preço do aço de uma usina siderúrgica já teve um reajuste de 30%. A indústria de transformação também é afetada pela falta de insumos no mercado.
 
Comunicação da FIERGS