Notícias
09-03-2021 - CNI cobra do governo liberação de R$ 7,1 bi em crédito do Pronampe
...

A segunda onda da pandemia de Covid-19 e as medidas mais duras tomadas por governadores e prefeitos para aumentar o isolamento social levaram a CNI a cobrar do governo a liberação de uma nova rodada de crédito emergencial para pequenas e microempresas.

 

De acordo com o levantamento da entidade, o Pronampe encerrado no fim do ano passado ainda tem capacidade de oferecer até R$ 7,1 bilhões em novas operações, sem a necessidade de nenhum centavo adicional de aporte do Tesouro Nacional.

 

O Pronampe oferece uma linha de financiamento para micro e pequenas empresas com taxas de juros mais baixas em relação a outros programas de crédito oferecidos no mercado. Isso foi possível porque o Tesouro Nacional assumiu o risco de até 100% de cada operação ou de até 85% da carteira dos bancos nessa modalidade, por meio do Fundo Garantidor de Operações (FGO).

 

No auge da crise, o Pronampe liberou R$ 37,5 bilhões em empréstimos, sendo R$ 8,8 bilhões para microempresas (23,3%) e R$ 28,8 bilhões para pequenas (76,7%). No total, foram 517 mil operações realizadas por 19 diferentes instituições financeiras.

 

Agência Estado