Notícias
11-05-2021 - Atividade industrial no RS cresce 9,8% no primeiro trimestre
...

Mesmo com o recuo de 0,5% verificado em março de 2021 frente a fevereiro, segundo mês seguido de queda após a sequência de nove altas (39,7%) que se seguiu ao tombo de 23,9% em março e abril de 2020, o Índice de Desempenho Industrial gaúcho (IDI-RS) encerrou o primeiro trimestre em crescimento. O aumento foi de 9,8% na comparação com os primeiros três meses do ano passado, segundo divulgado pela FIERGS.

 

 

Na comparação trimestral, somente a massa salarial real recuou, 1,9%, e destacaram-se os aumentos expressivos das compras industriais (27,2%), das horas trabalhadas na produção (11,5%) e do faturamento real (9,8%). A utilização da capacidade instalada (UCI) e o emprego cresceram 3,3 pontos percentuais e 2,7%, respectivamente. "As perspectivas para a indústria são de retomada com a reabertura das atividades econômicas, o menor grau de isolamento social e o  aumento da demanda externa, em um cenário de baixos níveis de estoques e, espera-se, menores dificuldades na cadeia de suprimentos", explica o presidente da FIERGS, reforçando que a perspectiva de safra recorde e a valorização das commodities devem continuar impulsionando os segmentos industriais ligados ao agronegócio, como máquinas e implementos agrícolas e rodoviários.

 

O IDI-RS mede o nível de atividade da indústria gaúcha levando em conta seis indicadores, que registraram desempenhos distintos na passagem de fevereiro para março na série dessazonalizada. Cresceram o faturamento real (4,2%), as horas trabalhadas na produção (1,1%), o emprego (0,9%) e as compras industriais (3,7%). Caíram, a massa salarial real (-1,5%) e a utilização da capacidade instalada, menos um ponto percentual.

 

Comunicação da FIERGS