Notícias
26-07-2021 - Indústria gaúcha termina primeiro semestre em alta
...

A Sondagem Industrial do RS, divulgada nessa segunda-feira (26) pela FIERGS, aponta para um cenário positivo para o setor em junho, fechando o semestre com crescimentos na produção e no emprego, além de estoques ajustados. Os empresários consultados na pesquisa, porém, indicam que a falta e os altos preços dos insumos e das matérias-primas continuam sendo um grande entrave para o setor. "Apesar dessas dificuldades, a demanda e o emprego devem continuar crescendo nos próximos meses, assim como os investimentos, mostrando que as medidas de controle da pandemia e o avanço da vacinação foram acertados, pois permitiram a flexibilização gradual dos setores econômicos", afirma o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry.

 

O índice de produção ficou em 51,5 pontos, em junho, e o de emprego, em 53,7. Com ambos acima de 50, revelaram crescimento relativamente a maio, desempenhos bem superiores ao sugeridos pelas respectivas médias históricas de 46,6 e 46,5 pontos. O emprego completou um ano de alta ininterrupta.

 

Com aumento na produção, a utilização da capacidade instalada (UCI) subiu um ponto percentual, fechando em 75% em junho. Apesar de ficar bem acima da média histórica do mês, de 68,4%, os empresários avaliaram como um pouco abaixo do normal. O índice de UCI em relação à usual registrou 49 pontos, um ponto inferior ao nível normal para o mês.

 

Os estoques de produtos finais, por sua vez, cresceram ligeiramente entre maio e junho e o índice de evolução ficou em 50,5 pontos, em linha com o esperado pelas empresas. Já o índice de estoques em relação aos planejado atingiu 50,3, muito próximo dos 50, indicando estoques ajustados.

 

Comunicação da FIERGS